Canadá admite transexuais no exército em resposta à Trump

Canadá admite transexuais no exército em resposta à Trump

As forças armadas do Canadá anunciaram a sua abertura para pessoas de todas opções sexuais, em resposta ao pronunciamento do presidente dos EUA Donald Trump  de que proibirá o ingresso de transexuais nas forças armadas de seu país.

“Damos as boas-vindas aos canadenses de todas as orientações sexuais e identidades de gênero. Junte-se a nós!”, publicara, as forças armadas canadense no Twitter.

A publicação veio acompanhada de uma foto da Banda da Marinha Real Canadense desfilando em uma das comemorações do Dia do Orgulho Gay, na cidade de Toronto.

Estima-se que o Canadá tenha aproximadamente 200 servidores transexuais no exército. O Departamento de Defesa do Canadá pagou entre 2008 e 2015 um total de 19 operações de mudança de sexo com um custo total de 250 mil USD.