Portugal cai diante do Chile nas penalidades

chile

A selecção portuguesa de futebol foi eliminada da Taça das Confederações, após perder diante do Chile nas grandes penalidades, em partida das meias finais.

Num jogo altamente disputado em todos sectores, com destaque para os guarda‐redes de ambos os lados, deu‐se a confirmação de que estava‐se diante de uma final antecipada do torneio.

Com o tempo regulamentar a não produzir golos para nenhum dos lados, viu‐se um ascendente por parte do Chile no prolongamento, tendo a melhor unidade em campo Arturo Vidal sido o grande protagonista da meia hora adicional.

Mas porque a disposição física das duas equipas, com elementos preponderantes como Cristiano Ronaldo e Alexis Sanchez já desaparecidos do jogo, seguiu‐se à lotaria de grandes penalidades.

E foi então que o veterano guarda‐redes chileno Cláudio Bravo levou a melhor, ao defender os penaltes dos experientes Ricardo Quaresma, João Moutinho e Nani, colocando incrédulos os milhares que ali se fizeram. Não houve sequer espaço para Ronaldo cobrar o seu.

Com o 3‐0 nas penalidades, o Chile está na final da Taça das Confederações, devendo defrontar o adversário que sairá da partida de hoje entre a Alemanha e o México.

(1126 Posts)