Showroom e Pop Up Store-Streetwear na Galeria do Núcleo de Arte

Showroom e Pop Up Store-Streetwear na Galeria do Núcleo de Arte

Mariza Dias conhecida por Mary Dias, tem muitas actividades: estudou direito humanos, é trabalhadora social e também estilista e membro do Núcleo de Arte em Maputo.

Ser trabalhadora social é uma vocação e Mary Dias continua a fazer este trabalho embora que não seja suficiente para sustentar e responder as necessidades quotidianas. O empoderamento e a inserção laboral da mulher e da rapariga é a sua preocupação. Apesar do seu gosto pela moda, consegue conciliar as duas ocupações e, organizar aulas de costura para estas mulheres e ajuda-las a tornarem-se artesãs e daí uma actividade de geração de renda.

Organizadora do evento Showroom and pop up store – streetwear, na galeria Núcleo da Arte, em Maputo, apresenta a sua colecção “Pandzula” que se inspira da dança moçambicana Pandza e da dança sul africana Pantsula. São roupas para pessoas que se mexem como dançarinos desta arte, “roupas um pouco mais abertas, despojadas, com que as pessoas podem efectuar movimentos a vontade como por exemplo a dança. Em suma, “são macacões, casacos, calças, roupas da rua, para usar todos os dias”. Apreciadora incondicional da capulana, Mary Dias compra este tecido tradicional todos os dias e usa-a basicamente na sua colecção de moda e, onde também faz misturas com outros tecidos.

PANDZULA

Iniciou se na moda preparando roupas para si mesma, roupas muitas vezes aos olhos de outrem esquisitas mas a um estilo clássico que a estilista muito desejava. Nasce daí o interesse de algumas pessoas no que Mary Dias costurava. Da procura nasceu Mary Dias e já la vão dois anos que a marca existe. Através do projecto de trabalho social “a loja social”, ganhou mais entusiasmo e vontade de dar seguimento a sua iniciativa de moda: um projecto de costura para ensinar mulheres e raparigas com poucas ou sem condições dando lhes assim habilidades, uma ferramenta chave para iniciar trabalho ou conseguir emprego. Por isso, Mary Dias tinha de pensar e desenhar para satisfazer todas as encomendas passadas no contexto do projecto e ao mesmo tempo para a sua sustentabilidade.

LOJASOCIAL

Segundo esta, “É difícil dissociar Mary Dias estilista do projecto”.

Na galeria do Núcleo de Arte, decorre desde 10 a ao dia 13 de Agosto, a segunda edição do Showroom and pop up store- Streetwear. Um evento onde são apresentadas colecções de estilistas que gostam de vestir se de forma prática para a vida diária, ficando ainda assim e na moda. Mary Dias dá a oportunidade as alguns estilistas moçambicanos com quem tem uma ligação, de ter um espaço central, em Maputo e ter e expressar de maneira mais visível o seu sentido de moda e as suas qualidades criativas.

É uma iniciativa interessante porque o lugar permite expor peças de moda numa galeria onde esta também patente uma exposição de artes plásticas. Dá ao visitante a oportunidade de apreciar duas artes muito ligadas e que se inspiram mutualmente. Vale a pena visitar o showroom para descobrir os blusões de Afro Yvan, as carteiras de Katrina e Hortência, os vestidos de Sabatha, as joias de Atelier Dabanga, a colecção Pandzula de Mary Dias e muito mais.

Uma excelente oportunidade para descobrir uma outra maneira de ver e perceber a moda MADE IN MOZAMBIQUE cheia de cores e num estilo único que pode ser de uso diário.

Por: Anne-Laure Josserand

(1126 Posts)