Sudão do Sul quer swahili como língua oficial

Sudao do Sul

O governo do Sudão do Sul convidou a Tanzânia a enviar professores swahili para o país, após ter introduzido a língua no currículo escolar, antes da sua adopção como uma língua oficial.

O pedido foi feito pelo vice-presidente do Sudão do Sul, Taban Deng Gai, à margem da cimeira da União Africana, que terminou na terça-feira (4), informou o vice-presidente da Tanzânia, Samia Hassan, em um comunicado citado pela mídia local The Citizen.

O Sudão do Sul também solicitou assistência em outros sectores da economia, incluindo saúde, agricultura e segurança.

O swahili foi adoptado como a língua oficial da Comunidade da África Oriental (EAC), do qual o Sudão do Sul é o último membro depois de depositar os instrumentos de ratificação da adesão ao Tratado no ano passado.

A língua faz parte dos compromissos assumidos em 2007 pela EAC, cujos três fundadores – o Quénia, o Uganda e a Tanzânia – utilizam a língua sueca como língua oficial ao lado do inglês.

O Ruanda ainda está para tornar o swahili na sua quarta língua oficial, depois da língua nacional do kinyarwanda, francês e inglês.

(1126 Posts)