Taipo decepcionada com Transportes Públicos da Beira

Maria Helena Taipo

A governadora da província de Sofala, Maria Helena Taipo, mostrou‐se decepcionada com a situação na qual os Transportes Públicos da Beira (TPB) se encontra, na visita efectuada quarta-feira(28) àquela empresa.

Seguindo a denúncias feitas por trabalhadores, Taipo constatou a veracidade das reclamações de desmandos, abusos de poder, não pagamento de salários atrasados, aliado ao mau fluxo de comunicação entre os mesmos e a estrutura directiva da empresa.

De acordo com João Tembo, um dos funcionários dos TPB, citado pela AIM, a empresa opera com apenas cinco autocarros, não tendo uma receita diária superior a 70 mil meticais.

« A nossa situação é tão grave que, nos últimos meses, a empresa deixou de ter capacidade para produzir bilhetes. Estamos a recorrer aos bilhetes dos anos passados, onde nos limitamos apenas a colocar um carimbo na parte traseira. Os gestores da empresa há meses que não conseguem investir em equipamentos para a revisão das viaturas. Veja que, quando tomaram posse, tínhamos 16 autocarros e hoje operamos apenas com cinco », revelou Tembo.

Mais além dos problemas denunciados pelos trabalhadores, Maria Helena Taipo verificou que há irregularidades na distribuição salarial, sendo que nos TPB existem trabalhadores com salários de dois mil meticais, muito abaixo do salário mínimo estipulado por lei, e outros auferindo mais de 90 mil meticais.

Visivelmente desgastada com a penosa situação da empresa de transportes pertencente à segunda maior cidade do país, a governadora prometeu tomar providências com vista a acabar com a aflição dos trabalhadores, tendo apelado aos mesmos que não abandonassem os seus deveres.

 « Já capturei as folhas de salários. É estranha esta discrepância de salários, numa empresa pública que pouco produz. A comissão de gestão quando se apresentou no meu gabinete, há algum tempo, garantiu-me que iria trabalhar para melhorar a gestão desta empresa. Infelizmente, hoje estamos a gerir problemas e com uma gestão claramente danosa. Vou trabalhar com os gestores de TPB e se confirmarmos que são os principais responsáveis pelas dificuldades e problemas que a empresa atravessa, vamos tomar medidas », prometeu Taipo.

(1126 Posts)