Manu Dibango, cantor e saxofonista camaronês, morreu

Cameroonian tenorist Manu Dibango performs during the second Pan-African Cultural Festival (PANAF) in Algiers, Algeria, 17 July 2009 (reissued 24 March 2020). Cameroonian legendary jazz saxophonist, Manu Dibango has died of coronavirus at the age of 86, his family announced on 24 March 2020. EPA/MOHAMED MESSARA

Manu Dibango, cantor e saxofonista camaronês, morreu hoje, 24 de março, vítima de Covid-19.

A notícia foi dada pela sua família, que escreveu:

“Queridos amigos, queridos fãs… uma voz eleva-se ao longe. É com profunda tristeza que anunciamos o desaparecimento de Manu Dibango, o nosso Pappy Groove, ocorrida a 24 de março de 2020, aos 86 anos, devido à Covid-19”.

O autor de ‘Soul Makossa’ (1972) morreu às primeiras horas da manhã, num hospital da região de Paris, em França, avançou a sua equipa à agência noticiosa AFP.

leave a reply