Rockets disparados contra embaixada e base dos EUA em Bagdad

Vários rockets caíram este sábado à tarde na Zona Verde de Bagdad (a área da capital iraquiana onde estão as embaixadas e os edifícios do Governo) e na base aérea de Balad, onde estão as tropas dos Estados Unidos. De acordo com as autoridades iraquianas, não há registo de vítimas. Estes ataques acontecem poucas horas depois do cortejo fúnebre do general iraniano Qassem Soleimani, morto num ataque americano na quinta-feira à noite, em Bagdad. Entretanto, os Estados Unidos já anunciaram um aumento do contingente na região: mais 3500 militares devem ser enviados para a zona. Tropas que se juntam aos já 5200 que estão no Iraque, sendo que uma parte deles deve reforçar a segurança da embaixada norte-americana em Bagdad. Também este sábado, milícia Kataib Hezbollah, citada através da televisão pró-Hezbollah, al-Mayadeen, deixou um aviso ao Governo iraquiano: a partir de domingo à noite, as forças de segurança do país devem manter-se a pelo menos um quilómetro de distância das bases onde estão americanos. Nos Estados Unidos, em várias cidades do país, ocorreram várias manifestações contra a guerra e contra o envio de mais tropas para o Iraque e Médio Oriente. Um dos protestos realizou-se em frente à Casa Branca, em Washington.

leave a reply