Terminou a exposição da competição em Moda Sustentável GREEN IS THE NEW BLACK

Teve lugar na na Galeria do Porto de Maputo o evento que marcou o fim da competição em Moda Sustentável “GREEN IS THE NEW BLACK”. A mesma tinha como objectivo a implementação do conceito de moda sustentável nas práticas actuais, colocando a moda moçambicana na vanguarda.

O concurso contou com 70 candidaturas válidas das quais 10 tiveram a oportunidade de, junto dos seus mentores Taíla Carrilho, Cármen Lara X, Carla Parente, Isis Mbanga, Paula Cuna, Omar Adelino, Ana Cristina Fernandes e M’wandro Mangoba, passar por 4 semanas de trabalho e aperfeiçoamento de técnicas, estudo e análise de tendências de moda, marketing sustentável, culminando com a execução criativa de peças sustentáveis.

Durante o evento, os concorrentes foram apresentados e avaliados os trabalhos realizados pelos 10 concorrentes por parte do Júri composto por Shaazia Adam, Anne-Laure Josserand e Ivandra Correia que no fim de tudo tiveram que seleccionar 4 jovens vencedores terão a oportunidade de visitar uma grande casa de moda sustentável em Inglaterra, onde também serão realizadas actividades de intercâmbio sobre moda sustentável e sua aplicação. 

No concurso, foram destacados com prémios os seguintes intervenientes: 3º lugar ficou Iria Marina, 2º lugar ficou David Leonardo, e em 1º lugar, Pribai Arnaldo.

https://i0.wp.com/www.moz.life/wp-content/uploads/2019/12/79685464_139614317455993_2934875698818449408_o-1.jpg?w=1100&ssl=1

A vencedora do MFW 2018, Jaciara Morais, de 29 anos, natural de Quelimane vai acompanhar os vencedores na viagem ao Reino Unido.

A Alta Comissária, NneNne IwujiEme, teceu alguns comentários logo depois no seguintes termos:  “ Após os devastadores ciclones que atingiram Moçambique no início deste ano, a crise climática cria novos desafios que ameaçam nosso planeta e  nosso modo de vida. Isso força-nos a repensar como consumimos, como usamos os recursos finitos que nosso planeta oferece e como podemos alterar nossos padrões de consumo para minimizar nosso impacto no planeta e protegê-lo para as gerações futuras. Como a indústria de moda é um dos maiores poluidores devido ao uso intenso da terra, água e outros recursos e a crescente tendência de ‘fast fashion’, uma mudança para uma moda sustentável é absolutamente crítica e que todos nós podemos contribuir mudando nossas práticas de consumo e pensando em onde, com quais recursos e como nossas roupas são produzidas.”

Articles similaires

Os grandes vencedores do Green is the New Black19/12/2019Dans “MODA”

A moda moçambicana almeja um futuro brilhante14/11/2019Dans “MODA”

leave a reply

Reendex

Must see news