Hacker por trás de Luanda Leaks ameaça lançar novos escândalos

Conhecido como o ‘Snowden português’, o hacker português Rui Pinto alertou nesta quinta-feira (30) de dentro da cadeia que, depois do Futebol Leaks e do Luanda Leaks, ainda há bastantes informações a serem divulgadas e afirmou que prendê-lo foi uma tentativa de calar as denúncias.

Acusado de quase 100 delitos e preso desde Março do ano passado depois da divulgação de documentos que revelaram práticas ilegais no meio do futebol, Pinto usou o Twitter nesta quinta-feira para denunciar a situação.

“Penso que os portugueses já perceberam que a minha prisão preventiva prolongada e desproporcionada tem como principal objectivo silenciar as minhas denúncias e manter escândalos como as fugas de Luanda debaixo das sete chaves”, declarou o hacker, referindo-se à fuga que precipitou a queda de Israel dos Santos, a mulher mais rica da África.

“Se dependesse da polícia judiciária ou do Ministério Público português, esta informação nunca teria chegado ao público, nem as autoridades angolanas teriam sido informadas da existência destes dados. E ainda há muitas coisas que os portugueses merecem saber”, completou.

leave a reply