Cabo Delgado: ataques inviabilizam arranque das aulas

Os ataques que vêm sendo intensificados a província de Cabo Delgado, inviabilizaram o início do ano lectivo em cinco escolas do distrito de Muidumbe, deixando cerca de três mil alunos e quarenta e três professores afectados.

Este dado foi avançada à Rádio Moçambique (RM), através de uma chamada telefónica, pela directora dos Serviços de Educação, Juventude e Tecnologia de Muidumbe, Ostília Lucas.

“São cinco escolas, temos a escola de Magaia, Múnguè, Ruárua, Chitunda e Ngúri. Fizemos a redistribuição dos professores em escolas da zona alta e os alunos também foram acolhidos em algumas escolas da mesma zona”, avançou a fonte.

2 Comments

leave a reply