A moda africana em destaque, Thebe Magugu ganha o prémio LVMH

O designer sul-africano, Thebe Magugu, acaba de ser distinguido com tão prestigiado prémio LVMH. Trata-se de uma iniciativa do grupo de luxo Louis Vuitton Moët Hennessy, que a cada ano descobre novos talentos e os apoia para desenvolverem a sua marca.

“Eu processei o que posso até agora, mas ainda temo que possa acordar desse sonho. Estou muito feliz por receber o prémio LVMH 2019, determinado por um júri excepcional e infinitamente inspirador”.

A edição de 2019 mostra o lugar cada vez mais proeminente da moda africana no mundo.

“A minha missão como designer é construir uma marca de moda global que se baseia e se sustenta dentro do país, e age como uma espécie de santuário para as mulheres, que buscam não apenas roupas bonitas e funcionais, mas um lugar para aprender sobre a nossa cultura e património, reinterpretado através de uma lente moderna”.

Esta colecção, intitulada “Prosopography”, é inspirada no Black Sash, um grupo revolucionário de mulheres que lutaram pelos direitos e dignidade do POC durante o Apartheid.

Por: Anne-Laure Josserand

Fotografias: cortesia/ Thebe Magugu