Covid-19: África do Sul investiga mais de 842,8 milhões de euros em corrupção na Saúde

O Ministério da Saúde reconheceu a existência de “irregularidades flagrantes” no processo de contratação pública, salientando que “será necessário responder”.