“Igualdade salarial entre homens e mulheres? Isso é ridículo”

Frank de Boer mostrou-se, esta terça-feira, contra a igualdade salarial entre o futebol masculino e feminino, no seguimento do movimento propagado durante o último Campeonato do Mundo feminino, que decorreu em França.

Em entrevista concedida ao jornal britânico The Guardian, o antigo internacional holandês foi confrontado quanto a este assunto, ao qual respondeu de forma perentória: “Na minha opinião, isso é ridículo”.

“É como no ténis. Se há 500 milhões de pessoas a assistir a uma final de um Mundial masculino, e 100 milhões a assistir a uma final feminina, há uma diferença, por isso não é o mesmo”, atirou Frank de Boer.

“Claro que devem receber aquilo que merecem e não menos. Apenas aquilo que merecem. Se for tão popular quanto o futebol masculino, vão conseguir, porque as receitas e os patrocínios vão entrar em conta. Mas não é assim, por isso por que é que devem receber o mesmo?”, acrescentou.

(2632 Posts)