Parlamento da China abole limite do mandato presidencial e Xi Jinping poderá ser vitalício

Parlamento da China abole limite do mandato presidencial e Xi Jinping poderá ser vitalício

O presidente da república popular da China, Xi Jinping, garantiu no domingo (11) livre caminho para governar por um período indefinido, após o parlamento abolir os limites do mandato presidencial, dando-lhe autoridade quase total para seguir a sua ambição de transformar a nação numa superpotência econômica e militar.

O movimento inverte a era da liderança “colectiva” e da sucessão ordenada que foi promovida pelo falecido líder supremo Deng Xiaoping para garantir a estabilidade após a turbulenta governação um só homem do fundador da China, Mao Tsé-Tung.

A transição constitucional histórica passou por meio do parlamento, tendo 2958 votos a favor, dois contra e três abstenções.

Xi Jinping levantou-se primeiro no imponente Grande Salão do Povo em Pequim para votar numa caixa vermelha, quando os delegados do Congresso Nacional do Povo aplaudiram após cada votação sobre a emenda.

De 64 anos, Jinping consolidou o poder desde 2012, quando foi nomeado secretário geral do Partido Comunista.

(2270 Posts)