Parruque “manda passear” a denúncia da Renamo

Júlio Parruque desvaloriza a denúncia da Renamo, segundo a qual ele não pode ser candidato do partido Frelimo para o cargo de governador na província de Maputo.

Parruque diz que a Perdiz deve concentrar-se nos problemas internos do seu partido. Vinte dias depois de ter sido anunciado como cabeça-de-lista do partido Frelimo na província de Maputo, o actual governador de Cabo Delgado participou na manhã deste sábado numa marcha da sua apresentação.

Convidado a se pronunciar sobre a denúncia da Renamo, que questiona a sua candidatura pelo facto de ter se recenseado em Cabo Delgado e candidatar-se a governar de Maputo, Parruque diz não estar preocupado com o assunto e convidou a Renamo a ocupar-se com outras questões.

E quando faltam cerca de dois meses para as eleições gerais, Parruque mostra-se confiante na vitória do seu partido.

Além de apresentar o cabeça-de-lista e candidatos a membros da assembleia provincial, a Frelimo apresentou neste sábado os candidatos a deputado da Assembleia da República.

O evento contou com a presença da Chefe da brigada central Carmelita Namashulua, do primeiro secretário, Avelino Muchine, membros seniores do partido na província de Maputo entre outros membros.

(2519 Posts)