Sol, praia e cabelos coloridos

Sol, cloro e água do mar, três componentes que parecem ser a definição do Verão…entre mergulhos na praia e piscina, ainda sobra tempo para tomar sol! Mas e aí? O seu cabelo colorido ganha uma atenção especial? No Verão, o cabelo colorido é colocado à prova.

Se Eu Fosse… Um mar paradisíaco

Queimaduras solares, manchas, aumento do risco de câncer de pele … Sabemos os efeitos nocivos dos raios ultra violeta (UV) em nossa pele, mas desconhecemos os danos que podem causar nos cabelos coloridos

Neste artigo aprenda como protegê-los das agressões causadas pelos raios UV para evitar ter que cortar tudo no início do ano lectivo.

Para que o cabelo fique colorido no processo de pintar são abertas escamas, a fim de que os pigmentos penetrem profundamente. Quando o sol ataca causa destruição parcial desses pigmentos. Portanto, esse cabelo torna-se mais frágil do que um cabelo de cor natural, a cor escurece, desaparece.  sol e água salgada formam um coquetel explosivo que afeta a cor e suavidade do cabelo.

Mas calma, felizmente, ter cabelos coloridos não impede que você vá de férias, só precisa adaptar seus hábitos capilares ao período, pedindo ao seu colorista para escurecer um pouco a tonalidade usual, para que os efeitos de claridade do sol não causem uma mudança drástica, é aconselhável usar e abusar dos cuidados nutricionais para o cabelo como é o exemplo do soro revitalizante e reparador, máscara com óleos vegetais e massagem no couro cabeludo 

A rotina de verão é precisa. De manhã, use o seu shapoo habitual, adequado para cabelos coloridos eles contém um filtro UV protetor e antioxidantes. Você também pode apostar em um condicionador nutritivo, Para protegê-los bem,passe um spray com proteção anti-UV reforçada.  E o principal: se possível, seria necessário limitar a exposição aos raios UV usando chapéus  , por exemplo: é bom para o cabelo e é chique. Por que se privar?

(2106 Posts)