África do Sul: Primeira fábrica de produção de vacinas contra Covid no continente

O objectivo é a produção de « uma vacina de segunda geração, e nós queremos fazê-la em África, para África, e exportá-la para todo o mundo », disse o empresário sul-africano nascido na China. As primeiras vacinas serão produzidas este ano e espera-se que o local atinja mil milhões de doses por ano até 2025.

Contacto: +258 84 91 20 078 / +258 21 40 14 21 – comercial@feelcom.co.mz

O desenvolvimento de vacinas de segunda geração destina-se a abordar, entre outras coisas, a perda de eficácia das primeiras vacinas ao longo do tempo, mas também o surgimento de variantes do vírus.

« Hoje estamos a provar que nos estamos a tornar auto-suficientes como continente, e devemos orgulhar-nos do que estamos a alcançar », disse o Presidente sul-africano Cyril Ramaphosa.

Oficialmente o país africano mais afectado, a África do Sul tem mais de 3,5 milhões de casos, incluindo 93.400 mortes, enquanto o continente registou oficialmente mais de 10 milhões de casos em Janeiro, de acordo com a União Africana. As infecções dispararam desde que a variante Omicron foi descoberta na África do Sul, no final de Novembro.

Mas a vacinação dos quase 1,2 mil milhões de africanos continua baixa, devido às dificuldades de abastecimento e ao cepticismo de alguns da população. E o continente participa na produção de menos de 1% das vacinas administradas no continente, de acordo com a OMS.

No final de 2020, a África do Sul e a Índia propuseram à Organização Mundial do Comércio (OMC) a suspensão dos direitos de propriedade intelectual para tratamentos e vacinas contra a Covid-19. Várias ONG e governos seguiram o exemplo.

A questão, que estava novamente na agenda da conferência da OMC em Novembro, adiada por causa da variante Omicron, ainda não foi decidida.

A África do Sul já tem dois locais de montagem e embalagem de vacinas para o Covid. O Instituto Biovac, também na Cidade do Cabo, deverá começar a montar a vacina Pfizer-BioNTech no início deste ano e o gigante farmacêutico Aspen está a embalar vacinas da Johnson & Johnson nas suas instalações em Gqeberha (sul).

Chiong fez fortuna desenvolvendo uma droga anti-cancerígena chamada Abraxane. É também um accionista da equipa de basquetebol dos EUA, os Los Angeles Lakers.

leave a reply