Publicite Aqui

Furacão Eta mata 57 pessoas na América Central

Um total de 57 pessoas morreram em consequência da passagem do furacão Eta pela América Central, causando chuvas fortes e inundações desde o Panamá à Guatemala, esta quinta-feira.

A tempestade é agora uma depressão tropical, mas deve recuperar e dirigir-se para Cuba e possivelmente para o Golfo do México no início da próxima semana, refere o Notícias ao Minuto, citando a agência AP.

O furacão Eta chegou à região de Nicarágua como um furacão de categoria quatro na terça-feira, mas transformou-se numa tempestade tropical. No entanto, a forte chuva que causou fez com que grande parte da América Central permanecesse em alerta máximo.

De acordo com o Notícias ao Minuto, governos e organizações de ajuda informaram que as cheias e os deslizamentos de terra causados pelas chuvas fortes criaram um desastre humanitário em grande parte da região.

O Eta teve ventos na ordem de 55 quilómetros por hora e moveu-se de norte a noroeste a 13 quilómetros por hora.

Por: O País

leave a reply

Reendex

Must see news