Futebol: Messi-Neymar, uma dupla letal

Argentina's Lionel Messi (L) and Brazil's Neymar joke during the Conmebol 2021 Copa America football tournament final match at the Maracana Stadium in Rio de Janeiro, Brazil, on July 10, 2021. (Photo by MAURO PIMENTEL / AFP) (Photo by MAURO PIMENTEL/AFP via Getty Images)

Quando Neymar decidiu deixar o Barcelona em 2017, foi o fim de uma dupla que semeou o pânico nas defesas do futebol espanhol e europeu. Ao lado de Messi, sem esquecer de Suárez, formaram um dos melhores ataques da história. 

Embora parecesse uma utopia, o argentino terá um tipo de The Last Dance‘ com o brasileiro para levar o Paris Saint-Germain ao seu único desejo: a Champions League. 

Com esse reencontro, resolvemos analisar os dados dos craques quando atuaram juntos na Cidade Condal. E aqui vai um aperitivo: os números são impressionantes. 

No total, Neymar e Messi disputaram 162 jogos, divididos entre três temporadas (13-14 até 16-17), anos em que o Barça conquistou o triplete (2015) sob o comando de Luis Enrique. Nesse mesmo ano o clube esteve bem perto de fazer o segundo ‘sextete’ da sua história, mas acabou perdendo a Supercopa da Espanha. 

Nesse 162 jogos, o argentino e o brasileiro marcaram um total de 232 gols e deram 119 assistências. Individualmente, o recém-campeão da América contribuiu com 149 gols e 67 passes para gol, enquanto Ney marcou 93 vezes e deu 52 passes. 

Além de marcas individuais, a ‘Pulga’ e Ney somaram 120 vitórias para o Barça, o que representa 75% das vitórias nesse período em que estiveram juntos. Em todo esse trajeto, empataram 20 vezes e perderam 22. Em quatro temporadas, o que representa menos de seis derrotas por curso

leave a reply