GP Emilia Romagna F1/Imola: O acidente de Valtteri Bottas/George Russell

O GP da Emilia Romagna que se realiza este fim de semana em Imola fica marcado por uma aparatoso acidente entre Valtteri Bottas e George Russell, que levou à interrupção da corrida, devido ao imenso número de detritos que ficou depositado na pista.

Leia também: A F1 Não Ignore Violações De Direitos Nos Países Com Corridas Diz Lewis Hamilton


Max Verstappen liderava a corrida, Lewis Hamilton era nono depois de ter saído dep ista, até que surgiu o acidente de Bottas com Russell. Ambos lutavam pelas duas posições finais do top 10 quando bateram a alta velocidade em Tamburello.


Russell tentava passar o Mercedes, quando este se chegou ligeiramente para a direita, levando Russel à relva, com o inglês a ‘perder’ o controlo do Williams e a bater forte no Mercedes, despistando-se ambos. Saíram dos carros sem lesões, e Russell não estava contente com Bottas, que permaneceu no cockpit: “que car… estava ele a fazer? Ele é um cara de car.. Ou quê?” gritou Russell via rádio.

Bottas também falou: “que car…”. A corrida foi parada e ainda não recomeçou.

Leia também: F1: Arábia Saudita Revela Traçado Do Circuito De Jeddah, A Pista De Rua Mais Rápida De 2021


É verdade que Valtteri Bottas mexeu-se um pouco para a direita e Russell teve que se desviar para a relva. A partir daí nada podia fazer. Não parece um movimento intencional de Valtteri Bottas, mas a verdade é que foi exatamente quando Russell o passava. Vamos ver o que decidem os Comissários.

Mais tarde, Russell escreveu no Twitter: “Obrigado por todas as mensagens. Estou bem, apenas desapontado. Ao fim ao cabo, é um incidente infeliz. Ele tem o direito de defender a sua posição. Mas a 330 km/h, tem de respeitar a velocidade e as condições, quando o faz. Estou desalentado pela equipa. Mereciam mais, hoje”.

leave a reply