Moçambique: Esgotada capacidade de internamento na província de Maputo

A capacidade de internamento para pacientes com covid-19 nos hospitais da província de Maputo, Moçambique, esgotou e as autoridades têm recorrido às unidades da cidade para responder à procura, disse hoje à Lusa fonte oficial.

“A província de Maputo ultrapassou a capacidade instalada, tendo 42 camas ocupadas quando previamente estavam alocadas 40 camas”, disse Benigna Matsinhe, diretora adjunta de Saúde Pública.

Segundo a fonte, as unidades de saúde daquela província estão a recorrer aos hospitais da cidade de Maputo, a capital, para o internamento de doentes em estado grave.

“Neste momento, a cidade de Maputo tem 334 camas ocupadas (57%), do total de 583 existentes”, declarou Benigna Matsinhe.

Só nos primeiros 19 dias deste mês, período do arranque da terceira vaga da pandemia em Moçambique, o país registou 24.381 novos casos, 1.132 novos internamentos e 260 óbitos, contra 9.628 casos novos, 419 internamentos hospitalares e 87 óbitos registados no início da segunda vaga.

“Chamamos atenção que precisamos de uma ação coletiva forte para travar a atual velocidade da pandemia no nosso país. Apesar dos números já serem maus, podemos presenciar uma situação grave no próximo mês de agosto”, acrescentou.

Contacto: +258 84 91 29 078 / +258 21 40 14 21 – comercial@feelcom.co.mz

leave a reply