Natação: Antigo campeão olímpico Yannick Agnel detido por suspeitas de violação de menor

O antigo campeão olímpico de natação Yannick Agnel foi acusado de violação e agressão sexual contra um menor de 15 anos no sábado 11 de Dezembro. Deixou o tribunal Mulhouse livre, mas foi colocado sob supervisão judicial pelo juiz da liberdade e detenção. O procurador tinha pedido que ele fosse detido novamente, disse o procurador da República de Mulhouse, Edwige Roux-Morizot.

O ex-atleta de 29 anos, reformado da natação desde 2016, é suspeito de violação e agressão sexual da filha do seu antigo treinador Lionel Horter na Natação Olímpica Mulhouse, com 13 anos na altura dos alegados eventos. Foi detido a meio do dia na quinta-feira 9 de Dezembro na sua casa em Paris, com base num mandado.

A ministra do Desporto Roxana Maracineanu, que ela própria passou pelo clube Mulhouse quando era nadadora, disse que estava a seguir de perto o caso: « Esta é uma investigação que está a seguir o seu curso e deve seguir o seu curso, a queixa da jovem está nas mãos do sistema judicial e deve ser seguida », disse ela no sábado em Val d’Isère, onde estava a seguir os eventos do Campeonato do Mundo de esqui alpino.

Membro da geração dourada


A ministra permaneceu proxima do seu antigo treinador, Lionel Horter, que ainda treina nadadores no centro de alto nível de Mulhouse. « Ele é uma pessoa muito importante. Conheço pessoalmente a pessoa que apresentou a queixa, por isso podem imaginar que isto é particularmente marcante para mim », continuou Roxana Maracineanu.

Yannick Agnel foi duplo campeão olímpico em Londres em 2012 no estilo livre de 200m e no revezamento 4x100m, antes de ser coroado campeão mundial em ambas as disciplinas em 2013. Foi um dos rostos da geração dourada dos nadadores franceses, cujo sucesso foi ao mesmo tempo deslumbrante e de curta duração.

Após a sua carreira desportiva, Yannick Agnel tornou-se consultor da France Télévisions em 2019. Comentou os eventos de natação para os canais do grupo durante os Jogos Olímpicos de Tóquio deste Verão. Está também envolvido no desporto electrónico: é o director desportivo de um clube e, nos últimos meses, consultor de desporto electrónico da Franceinfo, para o qual produzia uma coluna semanal e um podcast mensal. Contudo, a estação de rádio anunciou na quinta-feira 9 de Dezembro que suspendia a sua colaboração com a Agnel « devido ao processo judicial em curso » até às conclusões da investigação.

Contacto: +258 84 91 29 078 / +258 21 40 14 21 – comercial@feelcom.co.mz

leave a reply