Celebridades: Mike Tyson, « Uma das melhores coisas que alguma vez me aconteceu foi… »

Michael Gerard Tyson, mais conhecido como Mike Tyson, é o mais jovem pugilista a tornar-se campeão de pesos pesados.

Numa entrevista sobre o podcast do antigo jogador da NFL Shannon Sharp’s Club Shay Shay, o pugilista falou da sua vida inicial e revelou um detalhe que o moldou para o resto da sua carreira.

« Sabem, uma das melhores coisas que alguma vez me aconteceu foi a morte da minha mãe. Porque me lembro dela a tomar conta de mim como um bebé.

Eu nunca teria entrado numa luta de rua e nunca teria aprendido a defender-me », disse Tyson sobre a morte da sua mãe, Lorna Smith, quando tinha 16 anos.

« Nunca vi a minha mãe feliz comigo e orgulhosa de mim por ter feito algo. Ela só me conhecia como uma criança selvagem que corria pelas ruas e voltava para casa com roupas novas que ela sabia que eu não tinha pago. Nunca tive oportunidade de falar com ela ou de ter notícias dela », acrescentou ele.

Falando da sua infância e do seu físico privilegiado, disse: « Apercebi-me que era mais forte do que os outros quando os tipos e criminosos mais duros do bairro queriam estar comigo. Juntaram-se aos seus bandos. Disseram-me sempre « vai buscá-lo, leva o seu relógio, ou a sua bolsa, isto ou aquilo » e era disso que se tratava.

Finalmente, Tyson recordou os seus primeiros dias no desporto: « Eu estava numa espécie de prisão e estávamos a ver o filme O Maior (a biografia de Muhammad Ali), era de ’77 ou ’78 e quando as luzes acenderam Muhammad Ali apareceu.

Estava lá. Por alguma razão eu disse: « Quero ser como ele. De lá fui para outro lugar, para os maus da fita, onde havia um tipo que fazia boxe e ele ensinou-me a fazer boxe.

Um dia parti-lhe o nariz e ele ficou furioso. A sua esposa não queria que ele voltasse a encaixotar. Então, levou-me a conhecer um grande treinador, Cus D’Amato. E é por isso que estou aqui agora ».

Contacto: +258 84 91 29 078 / +258 21 40 14 21 – comercial@feelcom.co.mz

leave a reply