David Guetta acaba de ganhar uma incrível quantia de dinheiro (e isso pode mudar a sua carreira)

David Guetta chegou a acordo com a Warner Music. Neste, a empresa adquire o seu catálogo de música gravada das últimas duas décadas. Mas não só! O acordo inclui futuras gravações. Os termos detalhados do acordo não foram divulgados mas é a primeira grande venda de catálogo dentro da electrónica, depois de outras no pop/rock.

O Negócio

Apesar de não existirem números oficiais, o Financial Times cita uma fonte avançando que o negócio foi de 100 milhões de dólares e o Music Business Worldwide cita também uma fonte alegando mais do que isso, mas menos de 150 milhões de dólares. A natureza prospectiva do acordo também pode dificultar o cálculo de uma soma definitiva.

De qualquer forma, é uma quantia considerável para as obras gravadas de Guetta e que já vendeu 50 milhões de discos e acumulou mais de 14 bilhões de streams, e já trabalhou com alguns dos artistas mais populares do mundo, incluindo Rihanna, Bruno Mars, J Balvin, Justin Bieber, Jason Derulo, Nicki Minaj, Rihanna, Saweetie, Sia, e muitos mais. A sua carreira  inclui dois Grammy Awards. A partir de hoje, Guetta é o oitavo artista mais ouvido no mundo (por ouvintes mensais no Spotify).

Certamente, o acordo também é diferente de outras aquisições recentes de catálogos grandes porque, aparentemente, envolve apenas música gravada, o que realmente faz sentido dado o estatuto principal de Guetta como produtor/DJ (tornando assim as suas gravações mais valiosas do que as de muitos outros compositores mais convencionais), embora o seu catálogo de composição seja também muito valioso.

Música Nova

No total, Guetta lançou oito novas faixas nos primeiros cinco meses de 2021. Há muito mais músicas novas por vir, incluindo um novo single em Julho. Com a sua equipa, ele também montou alguns livestreams enormes. As “United At Home” no Dubai, Miami, Nova Iorque e Paris foram vistas por mais de 125 milhões de pessoas em todo o mundo e angariou mais de 1,6 milhões de dólares para várias instituições de caridade.

O Que Dizem Eles

Principalmente, David Guetta diz: “Estou super animado com a nova música em que estou a trabalhar. E ainda mais animado porque comecei a tocar toda essa nova música ao vivo para os meus fãs novamente e eles estão a adorar. Este é o momento certo para renovar a minha parceria criativa com minha equipa da Warner Music. Este negócio é sobre ter as melhores pessoas ao meu redor para garantir que posso continuar a inovar com novos projetos, enquanto também trabalho no meu catálogo e continuo a construir a minha carreira.”

Ademais, Bart Cools, EVP, Global A&R and Marketing, Dance Music, Warner Recorded Music, diz: “Estou profundamente honrado pelo David ter decidido renovar a nossa colaboração. Ele é um artista que molda o género e define os tempos, cuja música toca bilhões de pessoas ao redor do mundo. Eu ouvi algumas das suas novas músicas, e sei que vai impressionar as pessoas. David é um espírito criativo que nunca descansa à sombra dos seus louros. Francamente, ele nunca descansa. Nós lançamos oito faixas nos primeiros cinco meses de 2021, e ele não está a desacelerar.”

Acima de tudo, o que motiva esta aquisição é o trabalho de Guetta. Lançou seu primeiro álbum, Just A Little More Love, em 2002, seguido por obras influentes como Guetta Blaster (2004) e Pop Life (2007). Mas, foi o seu álbum de 2009, One Love, que realmente o levou até um público mainstream.

leave a reply

Feelnews

Notícias imperdíveis