Índia: Nipah, um vírus raro mais mortal do que o SARS-CoV-2

Um rapaz de 12 anos morreu na Índia, vítima de Nipah, um vírus raro que é ainda mais mortal do que o SARS-CoV-2, escreve o NY Post.

A jovem vítima morreu num hospital de Kerala, no sul do país, e as autoridades temem que se possa iniciar uma nova pandemia global, numa altura em que ainda se combate a Covid-19.

Surtos anteriores de Nipah, ou NiV, mostraram uma taxa de mortalidade estimada entre 40% e 75%, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), tornando esta doença mais mortal do que a Covid-19.

Entretanto, cerca de 100 pessoas que estiveram em contacto com o rapaz foram obrigadas a entrar em isolamento.  Os funcionários da saúde estão a testar o maior número possível de contactos, sendo que a sua família e trabalhadores de saúde que estiveram em contacto com o menino testaram negativo. 

As autoridades irão também fazer uma vigilância porta-a-porta para identificar contactos secundários.

O vírus em causa foi descoberto pela primeira vez em 1999 na Malásia e Singapura.

leave a reply

Feelnews

Notícias imperdíveis