Próximo do ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump violou o embargo de armas da ONU à Líbia em 2019

Erik Prince, then-chairman of the Prince Group LLC and Blackwater USA, testifies during a House Oversight and Government Reform Committee hearing on Capitol Hill in 2007.

Erik Prince, fundador da Blackwater e próximo do ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump, violou o embargo de armas das Nações Unidas à Líbia em 2019, de acordo com um relatório confidencial desta organização

De acordo com o relatório, que foi divulgado na sexta-feira pelo The New York Times e pelo The Washington Post, Erik Prince destacou uma pequena força de mercenários ocidentais fortemente armados para o leste da Líbia ao serviço do comandante rebelde Jalifa Hafter, chefe do Exército Nacional Líbio (LNA).

A operação custou aproximadamente 80 milhões de dólares de acordo com o relatório e destinava-se a depor o governo reconhecido pela ONU com sede em Trípoli, então liderado por Fayez al Sarraj.

leave a reply

Feelnews

Notícias imperdíveis