África: Duas pessoas mortas em confrontos na Líbia

Duas pessoas foram mortas em confrontos violentos entre dois grupos armados na segunda-feira, nos subúrbios de Tripoli, causando a suspensão de voos e evacuação de aviões do aeroporto da capital da Líbia.

Os combates opuseram a “Brigada 444” à “Força al-Radaa” em vários setores dos subúrbios orientais de Tripoli, disse à AFP na terça-feira um funcionário do Ministério do Interior que pediu o anonimato. Uma fonte hospitalar deu conta de dois mortos e mais de 30 feridos.

Estes dois grupos estão entre os mais influentes em Trípoli, onde se encontra um dos dois governos que disputam o poder num país em ebulição desde a queda do regime de Kadhafi, em 2011, por divisões alimentadas pela proliferação de grupos armados com alianças variáveis.

“As tensões começaram” com o anúncio da “detenção pelo al-Radaa do chefe da Brigada 444”, disse o responsável, acrescentando que “as forças ainda estavam mobilizadas e o acesso ao aeroporto de Mitiga fechado” na manhã de hoje.

Os meios de comunicação social locais informaram que veículos blindados e carrinhas armadas foram mobilizados na segunda-feira à noite em vários distritos a leste e a sul de Tripoli após a detenção do chefe da Brigada 444, Mahmoud Hamza, no aeroporto de Mitiga, localizado num setor controlado pela Força al-Radaa. 

Depois disso, tiroteios irromperam em Ain Zara, um subúrbio oriental de Tripoli, antes de se estenderem a outras zonas próximas do aeroporto e da Universidade de Tripoli, a leste da capital, que anunciou a suspensão das aulas.

Mitiga, o único aeroporto civil, suspendeu o tráfego aéreo, desviou os voos para Misrata, 200 km mais a leste, e evacuou os aviões estacionados na pista.

A Brigada 444 está sob a alçada do Ministério da Defesa e é considerada a mais disciplinada. Controla os subúrbios do sul de Tripoli, bem como as cidades de Tarhouna e Bani Walid, protegendo as estradas que ligam a capital ao sul do país.

A Força al-Radaa é uma milícia poderosa que atua como força policial de Tripoli, prendendo tanto jihadistas como criminosos comuns. Apresenta-se como um órgão de segurança independente dos Ministérios do Interior e da Defesa e controla o centro e o leste de Trípoli, bem como a base aérea de Mitiga, o aeroporto civil e uma prisão.

Contacto: +258 84 91 29 078 / +258 21 40 14 21 – comercial@feelcom.co.mz

leave a reply