África/Moçambique: Embaixada dos Estados Unidos e Universidade Eduardo Mondlane Celebram 30 Anos de Cooperação

O Embaixador dos EUA Peter H. Vrooman e o Reitor da Universidade Eduardo Mondlane (UEM), Dr. Manuel Guilherme Junior, inauguraram uma Estante Americana no Centro de Estudantes da UEM para fornecer aconselhamento educacional e informação sobre aprendizagem de inglês para estudantes universitários e docentes. Em celebração de mais de 30 anos de cooperação entre as duas instituições, esta Plataforma Americana é mais um exemplo do investimento dos Estados Unidos no futuro de Moçambique e do sistema de ensino superior.

Em resposta a um pedido da liderança da UEM, esta nova Plataforma Americana oferece informação aos estudantes e professores da UEM para aprenderem e se prepararem para estudar nos Estados Unidos. A Embaixada dos EUA oferece mais de 10 programas de intercâmbio para jovens e profissionais todos os anos. Estes programas apoiam as ambições educacionais e profissionais dos moçambicanos, com o objectivo de os preparar para encontrar sucesso no seu regresso a Moçambique. Um conselheiro da Education norte amaericano terá também um horário de trabalho regular para orientar os interessados através do processo de candidatura às instituições de ensino superior dos EUA.

https://www.moz.life/mozbox/tour/cabin-palavras-barra/

“Esta prateleira americana é uma prova tangível da nossa forte parceria com a Universidade Eduardo Mondlane”, disse o Embaixador Vrooman durante a cerimónia de inauguração. “Esperamos expandir o acesso ao inglês, alargando as oportunidades de intercâmbio educacional, cultural e profissional, e estabelecer ligações com jovens e académicos moçambicanos”.

Mais de 1.500 moçambicanos das 11 províncias beneficiaram de programas de intercâmbio académico e profissional nos Estados Unidos da América. Desde 1990, mais de 500 estudantes e professores da UEM estudaram nos Estados Unidos com bolsas de estudo financiadas pelo governo dos EUA, principalmente o programa Fulbright. A UEM já acolheu cerca de 50 professores, investigadores e estudantes americanos do programa Fulbright em Moçambique. E em Dezembro de 2021, o governo dos EUA, através da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), criou Centros de Desenvolvimento de Carreiras com a UEM e a Universidade Estadual de Michigan nas Províncias de Maputo e Manica. Estes Centros oferecem formação e aconselhamento sobre empregabilidade a estudantes que se preparam para entrar no mercado de trabalho e criam laços entre a UEM e o sector privado moçambicano.

https://www.moz.life/mozbox/tour/bela-house-villa-t2-vilanculos/

O American Shelf-UEM está aberto durante o horário de funcionamento da UEM, de segunda a sexta-feira das 7:30 às 15:30 horas. Os visitantes podem encontrar-se com um consultor da Education norte amaericana na Plataforma às quintas-feiras.

leave a reply