Ataque ao Capitólio dos EUA: Manifestantes seguraram punhal na garganta da América

O Presidente Joe Biden criticou fortemente o antigo Presidente Donald Trump no primeiro aniversário do ataque ao Capitólio dos EUA.

Num discurso televisivo, Joe Biden acusou o seu antecessor de espalhar « uma teia de mentiras » que levou à ataque ao Capitólio.

Os apoiantes do Trump invadiram o edifício do Capitólio a 6 de Janeiro de 2021 quando o Congresso se reuniu para certificar a vitória eleitoral presidencial do Sr. Biden.

Filmagens ao vivo de políticos americanos acobardados pelos manifestantes chocaram o mundo.

O Sr. Trump tinha instado os manifestantes num comício à porta da Casa Branca, pouco antes, a marcharem « pacificamente » sobre o Congresso, mas também os encorajou a « lutar » e agitou a multidão com alegações infundadas de fraude eleitoral em massa nas eleições que tinha acabado de perder.

Pouco depois do discurso do PR. Biden, na quinta-feira, o Sr. Trump divulgou uma declaração furiosa a bater no seu sucessor. Nela, acusou o Pr. Biden de « fracasso » e repetiu falsas afirmações sobre as eleições.

Os políticos democratas, que têm uma maioria no Congresso dos EUA, planearam uma série de eventos para assinalar o aniversário de um ano do ataque – incluindo uma vigília à luz de velas no exterior do edifício do Capitólio.

Muitos falaram das suas experiências do dia, incluindo abrigar-se e esconder-se dos manifestantes juntamente com jovens membros do pessoal.

Uma comissão da Câmara está a conduzir um inquérito, e até agora os investigadores já prenderam 725 suspeitos relacionados com o motim.

Uma adaga na garganta da democracia dos EUA

O Pr. Biden condenou os atacantes e o Sr. Trump no seu discurso de quinta-feira, usando alguma da sua linguagem mais forte até agora, tanto sobre os motins do Capitólio como sobre o seu predecessor.

« Aqueles que invadiram este Capitólio e aqueles que instigaram esta incidência, seguraram uma adaga na garganta da América e da democracia americana », disse o Sr. Biden no Statuary Hall, uma secção do complexo do Capitólio que foi violada por amotinados.

« Vieram aqui com raiva, não ao serviço da América, mas sim, ao serviço de um só homem.

« O antigo presidente dos Estados Unidos da América criou e divulgou uma teia de mentiras sobre as eleições de 2020. O seu ego ferido interessa-lhe mais do que a nossa democracia ou a nossa constituição ».

O líder dos EUA também advertiu que as ameaças à democracia americana « não diminuíram ».

Contacto: +258 84 91 29 078 / +258 21 40 14 21 – comercial@feelcom.co.mz

leave a reply