Maiores dúvidas das mulheres respondidas por um ginecologista

A ginecologia é a prática da medicina que lida directamente com a saúde do aparelho reprodutor feminino e mamas. Bom, mas se és mulher e clicaste aqui não precisamos explicar detalhadamente o que é a ginecologia, certo? Pois bem, sabemos que muitas mulheres ficam um tanto sem jeito de fazer algumas perguntas para um ginecologista e por isso resolvemos fazer essa matéria.

O site Vix citado por Factos Desconhecidos, fez uma selecção de dúvidas que a maiorias das mulheres tem e nem sempre perguntam para os especialistas da área. Nós, pensando em educar um pouco mais as nossas leitoras e responder algumas dúvidas, trouxemos tais perguntas para ti.

Confira!

1 – Tomar anticoncepcional e pílula do dia seguinte ao mesmo tempo faz mal?

tomar

Para o ginecologista e obstetra Sergio Kobayashi, do laboratório Alta Excelência Diagnóstica, essa combinação pode fazer mal. Efeitos colaterais como náuseas, vómitos, dor nos seios, vertigem e dor de cabeça podem vir a tona. E não podemos esquecer de citar que essa combinação pode aumentar o risco de trombose e provocar inchaço. O indicado é parar de tomar o anticoncepcional depois de tomar contraceptivo de emergência e esperar a menstruação descer. Depois que isso acontecer, volte a tomar normalmente uma cartela nova do anticoncepcional.

2 – É necessário fazer xixi depois da relação sexual?

xixi

A ginecologista Mariana Maldonado diz que fazer xixi depois da relação é bom sim. Segundo ela, esse acto reduz o risco de cistite por “lavar a uretra” de dentro para fora, evitando que possíveis traumas causados na área por causa do sexo sirvam como uma porta de entrada para bactérias. Mariana ainda explica que a acidez da urina evita com que as bactérias alcancem a uretra e causem a famosa cistite.

3 – É verdade que DIU causa infertilidade?

diu

Ilza Maria Urbano Monteiro, ginecologista e professora da Unicamp, afirma que isso não passa de um mito. Na verdade, o DIU não causa a obstrução pélvica. Sendo assim, pode ser uma boa alternativa para adolescentes que nem sempre se lembram de tomar o anticoncepcional. Vale ressaltar também que a história de que o DIU não pode ser colocado em mulheres que ainda não tiveram filhos também é um mito.

4 – É normal sentir dor durante a relação sexual?

dor

Pode acontecer, mas não pode ser considerado normal. O facto é que essas dores podem indicar um quadro de endometriose, uma doença inflamatória causada pelas células do endométrio (tecido que reveste o útero).

5 – E sangrar após a relação, também é normal?

sangrar

Flávia Fairbanks, ginecologista da Clínica FemCare, afirma que o sangue após as relações também não é normal. O sangue pode ser muito mais sério do que se pensa, pois pode indicar alguma doença ou desequilíbrios. O ideal é procurar um especialista quando isso acontecer. Exames como colposcopia e papanicolau pode mostrar alterações. Candidíase, endometriose, infecção por algumas DTS’s e até mesmo câncer de útero pode ser a causa desse sangramento.

6 – O álcool corta efeito do anticoncepcional?

beer

A ginecologista Thais Farias Koch, da Clínica da Mulher e do Hospital 9 de Julho explica que isso não passa de um mito. Porém, o abuso da substância pode levar ao aumento do hormônio feminino estrogénio. As consequências? Dores de cabeça, inchaço e disfunções gastrointestinais.

7 – É normal ter corrimento após a relação?

corrimento

Para a ginecologista Maria Isabel Tavares, da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, se o cheiro e aparência forem um pouco diferente do que o de costume, isso pode indicar uma infecção. Mas não só isso, coceira, odor muito forte e ardor na região pode servir como alerta. É preciso ficar de olho nas características do corrimento, pois cada tipo indica uma bactéria ou fungo que está causando a infecção.