Moçambique: Cobrança de portagens na estrada circular de Maputo arranca a 01 de fevereiro

As portagens na estrada circular de Maputo, contestadas por organizações da sociedade civil moçambicana, vão começar a ser cobradas a partir de 01 de fevereiro, anunciou a empresa concessionária, Rede Viária de Moçambique (Revimo).

Os preços variam entre 40 meticais para ligeiros e 580 meticais para pesados, com descontos que vão até 75% para transportes coletivos e 60% para utilizadores frequentes.

Nas viagens com passagem por vários pontos de cobrança, é paga apenas a primeira, acrescentou a Revimo.

Nas viagens com passagem por vários pontos de cobrança, é paga apenas a primeira, acrescentou a Revimo.

Ao longo de cerca de 70 quilómetros de via que serve as cidades de Maputo, Matola e o distrito de Marracuene foram instaladas quatro praças de portagem.

O Centro de Integridade Pública (CIP), organização não-governamental (ONG) moçambicana, disse na segunda-feira que os moçambicanos podem recusar-se a pagar, alegando « inconstitucionalidade e ilegalidades ».

Contacto: +258 84 91 29 078 / +258 21 40 14 21 – comercial@feelcom.co.mz

leave a reply