Moçambique: A Montepuez Ruby Mining (MRM) arrecadou 645 M€ desde 2011

A Montepuez Ruby Mining (MRM), que explora rubis no norte de Moçambique, arrecadou 731 milhões de dólares (645 milhões de euros) resultantes de 15 leilões realizados desde o arranque das suas operações em 2011, anunciou a empresa.

Do valor total, 88 milhões de dólares (78 milhões de euros) são o resultado de leilões realizados neste mês, um valor considerado pela empresa como um recorde e do qual sete milhões de dólares (seis milhões de euros) serão canalizados para o Tesouro do Estado, avançou a firma, em comunicado.

« Com cada pedra preciosa extraída do subsolo, tentamos sempre gerar mudanças em vários domínios, ou seja, mudar a vida da população local. Hoje, renovamos o nosso compromisso e a garantia de que continuaremos a investir no desenvolvimento do país », disse Ângelo Zandamela, diretor de Recursos Humanos da MRM, citado no documento.

Contacto: +258 84 91 29 078 / +258 21 40 14 21 – comercial@feelcom.co.mz

Segundo o comunicado, a empresa foi distinguida como o melhor contribuinte fiscal na província de Cabo Delgado neste ano.

Desde janeiro de 2011, as vendas da Montepuez Ruby Mining representam 94% dos fluxos monetários do país relativos a esmeraldas, rubis e safiras, segundo a própria companhia.

A MRM possui cerca de 34 mil hectares de concessão para exploração de rubis em Cabo Delgado e apresenta-se como a principal investidora na extração de rubis em Moçambique, sendo detida em 75% pelo grupo Gemfields e em 25% pela moçambicana Mwiriti Limitada.

leave a reply

Feelnews

Notícias imperdíveis