Moçambique: Ciclone Batsirai deixou de ser uma ameaça para Moçambique

O ciclone tropical Batsirai atinge esta manhã o canal de Moçambique, mas já enfraquecido. No entanto, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, este fenómeno meteorológico deverá condicionar a navegação marítima e provocar chuvas intensas nas regiões costeiras do país. 

Contacto: +258 84 91 20 078 / +258 21 40 14 21 – comercial@feelcom.co.mz

A previsões da chegada do ciclone tropical Batsirai ao canal de Moçambique previsto para hoje, Domingo, é agora menos alarmante avança o meteorologista Guelson Manjate. 

« Vai entrar e vai influenciar o estado do tempo para a navegação marítima, estamos a dizer mais para o Canal de Moçambique, a Sul de 17 graus e prevê-se, nesse espaço, chuvas fortes acompanhadas de trovoadas e ventos com rajadas até 80 quilómetros por hora no Canal de Moçambique « , afirmou Guelson Manjate.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, o fenómeno climático extremo deixou de ser uma ameaça para Moçambique. 

« Não vai ter entrada no nosso país devido aos sistemas em alta altitude, vai ser empurrada mais para Sul do oceano. Ele só vai influenciar o estado do tempo no canal de Moçambique, mas teremos alguns efeitos nas províncias costeiras. Estamos a dizer que devido à influência do ciclone, com alguns sistemas como alta pressão que se está a transportar para o sudoeste do Índico, teremos a ocorrência de alguma chuva na zona sul, acompanhada, por vezes, de trovoada », acrescentou o meteorologista. 

O Instituto Nacional de Meteorologia prevê chuvas intensas na faixa costeira das províncias de Maputo e Gaza no Sul e Cabo Delgado e Niassa na região Norte de Moçambique. 

leave a reply