Moçambique: Propriedades de moçambicanos no Dubai atingem $78 milhões

As propriedades dos moçambicanos nos Emirados Árabes Unidos (EAU) equivalem a pouco mais de metade de um por cento do Produto Interno Bruto (PIB), ou 0,53%. De acordo com uma publicação, a fortuna dos moçambicanos no Dubai atinge 78 milhões de dólares, num total de 359 propriedades.

O documento publicado esta segunda-feira (16), e ao qual tevemos ontem acesso, afirma que esta fortuna pertence a 67 moçambicanos, onde os homens representam 72% e as restantes 28% as mulheres. A riqueza provém de negócios duvidosos como o tráfico de droga, a corrupção, e a fuga da indústria do rapto.

Comparando os números do Zimbabwe no Dubai, o jornal diz que as propriedades do país vizinho equivalem apenas a 0,24% do PIB e tanto o Malawi como a África do Sul representam 0,18% do seu PIB.

« Isto significa que os moçambicanos ricos estão a desviar para o Dubai três vezes mais dinheiro do que os ricos da África do Sul ou do Malawi », lê-se no documento.

https://www.moz.life/mozbox/produit/wonna-bay-vila-apartamento-catembe/

Uma investigação do Pandora Papers pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos reportou os Emirados Árabes Unidos como um paraíso offshore para a elite política e empresarial africana, disse o jornal.

« Dubai é a maior cidade dos Emirados Árabes Unidos ». O ex-ministro das Finanças moçambicano Manuel Chang foi preso em Dezembro de 2018 na África do Sul, a caminho do Dubai », recordou a fonte.

Contacto: +258 84 91 20 078 / +258 21 40 14 21 – comercial@feelcom.co.mz

leave a reply