Porque é que a África do Sul é um país muito violento?

As estatísticas mais recentes na África do Sul mostraram uma tendência muito preocupante de aumento das taxas de criminalidade, com os funcionários a descreverem o país como muito violento.

De acordo com a polícia, os casos de homicídio tinham aumentado quase 21% este ano em comparação com o mesmo período do ano passado.

No que diz respeito à violência sexual, 10.000 pessoas foram violadas durante os três meses – o que equivale a quatro violações por hora. Isto representa um aumento de 7% em relação ao ano passado.

O Ministro da Polícia Bheki Cele, que apresentou as estatísticas numa conferência de imprensa, disse que a violação de 10.000 pessoas em três meses na África do Sul é uma « vergonha profundamente perturbadora ».

De acordo com ele, as últimas estatísticas criminais são « tão alarmantes como os números do trimestre anterior ».

« Nos três meses em que foram relatados, um aumento de 20,7% nos homicídios. Quando comparado com o mesmo período em 2019, a variação percentual teria sido de 13,2% de aumento », disse Cele.

Ele disse que « os roubos, residenciais e não residenciais registaram uma diminuição de 6,7% e 1,4% ».

Cele disse que os dados relativos ao período entre Julho e Setembro deste ano mostram que a África do Sul é « um país muito violento ».

A polícia sul-africana disse que o consumo de álcool desempenhou um papel em pelo menos 290 homicídios. Em casos de violação, 1383 casos envolveram o uso e abuso do álcool.

« Mais pode, deve e será feito para garantir que os sul-africanos estão seguros e se sentem seguros », disse o Sr. Cele.

Mas ele acrescentou que enquanto os números ainda eram maus, havia sinais de que as coisas estavam a melhorar.

leave a reply