Descomplicando Sentimentos Com Erica Paiva: A vingança da minha exposição

Crescemos sabendo que a vingança é um prato que se come frio e com muita calma.
Mas esqueceram de avisar nos que a vingança,é um sentimento que corrói a alma e leva nos aos delírios mais absurdos possíveis.

Imagina a vingança advinda de um distúrbio amoroso? Yoweee aí é’ que roda se a baiana.

Então quando estava tudo bonito e maravilhoso era o vosso mundo, ninguém poderia meter nem o dedo, pois a felicidade era o vosso cartão de visita, até que surge a traição (não necessariamente envolvimento com terceira pessoa), falta da palavra ou o que quer que seja, e inicia a organização dos ingredientes para preparar o prato gelado da vingança.

Como dizemos na gíria popular “ 2 por 3, fotos e vídeos íntimos partilhados, assuntos extremamente secretos e pessoais, espalhados ao vento e no fim crês que “ahhhh, it’s done me vinguei, agora que se afogue na própria vergonha”, inocente que és.

Quando fazes isso, não só expões a pessoa, como também a tua falta de carácter, incapacidade de ser fiel até ao último minuto independentemente de estar ou não estar. E o povao vai perguntar, mas quem mandou partilhar?

Alô as pessoas não devem se privar de contar ou mostrar algo a alguém que a prior demonstra carácter, porque amanhã quando acabarmos o carácter vai mudar.


Carácter não muda, as circunstâncias externas ou mesmo internas, não influenciam a saída de um novo carácter mas sim da essência do carácter que tanto escondemos em troca de um lugar social de namorado (a), amante, casinho, ou sei lá.

Esta ideia de ahhh melhor não partilhar ou dizer, deixa claro o quão a sociedade na sua maioria não tem carácter, só pode né, porque não vejo o porquê de ter que fugir ou esconder o que quer que seja do meu parceiro. Estamos a aceitar o vírus de falta de carácter, comprometimento, lealdade nas nossas relações, normalizando que melhor não partilhar nada porque as pessoas são más, esquecendo que na sua maioria as pessoas são movidas por uma vingança estupida, e com precedentes.

A minha pergunta é bem simples:
Como podes amanhã vingar te de alguém ao ponto de destruir a sua imagem, sendo que ontem fizeste juras de um sentimento (paixão, amor, simples gostar) por ela?
Não sera por falta de escrúpulos? Pode parecer full drama, mas és sim uma pessoa com uma patologia qualquer que precisas de uma avaliação psicológica urgente. O maluco da relação não é quem te fez mal, mas sim tu por deixares que essa maldade te transforme em um monstro.

Avaliemos mais as nossas reações a ações descabidas, o louco também acredita que todo aquele considerado normal seja louco, então bebé, vais transformar te no louco, ou apenas seres tu?

Vingança não é um prato que se come frio, mas sim um parasita que nos mata a alma.
🌹🌻🌷

Publicado por  Erica Paiva

LinkedIn: Erica Paiva
Instagram: Erica Paiva
Facebook: the Erica Paiva oficial

leave a reply