Futebol: Benfica empata, Ronaldo marca e Bayern brilha

Não faltou emoção no arranque da fase de grupos da UEFA Champions League de 2021/22. No principais destaques, o Benfica saiu de Kiev com um nulo, o Young Boys frustrou o Manchester United após Cristiano Ronaldo ter marcado e igualado mais um recorde e o Bayern bateu o Barcelona em Camp Nou ajudado por dois golos de Robert Lewandowski e Romelu Lukaku também marcou no início vitorioso do campeão Chelsea.

O Mozlife resume toda a acção da primeira noite da fase de grupos.

Grupo E

Barcelona 0-3 Bayern

A equipa de Julian Nagelsmann mostrou que voltará a ser uma ameaça esta época, com uma exibição imperial em Camp Nou. O remate desviado Thomas Müller (33) colocou o Bayern na frente, antes do instinto predador de Robert Lewandowski selar o resultado com duas finalizações oportunas na área.
Estatística: Lewandowski venceu os últimos 17 jogos da Champions League em que participou, nos quais marcou 22 golos.
29/09: Benfica – Barcelona, Bayern – Dínamo Kiev

Dínamo Kiev 0-0 Benfica

Os visitantes tiveram que se contentar com um empate a zero, apesar de terem dominado por longos períodos. Denys Boyko, guardião da equipa da casa, frustrou Roman Yaremchuk, Alejandro Grimaldo e Rafa Silva, com as “águias” a pressionarem em busca da vitória, mas foi o Dínamo que quase conquistou os três pontos. O remate de Mykola Shaparenko aos 93 minutos entrou na baliza e gerou euforia, travada momentos depois após o lance ser anulado por fora-de-jogo.
Estatística:
29/09: Benfica – Barcelona, Bayern – Dínamo Kiev

Grupo F

Young Boys 2-1 Man. United

Jordan Siebatcheu aproveitou o mau passe atrasado de Jesse Lingard para dar aos suíços uma vitória improvável, em Berna, aos 95 minutos. Os pupilos de Ole Gunnar Solskjær estavam no controlo após o golo inicial de Cristiano Ronaldo, mas o cartão vermelho visto por Aaron Wan-Bissaka, aos 35 minutos, mudou a situação. Nicolas Moumi Ngamaleu estimulou os homens de David Wagner com o golo do empate o cerco à baliza do United foi recompensado quando o suplente Siebatcheu marcou a poucos segundos do fim.
Estatística: Ronaldo igualou Iker Casillas (177) no topo da lista de mais jogos na UEFA Champions League.
29/09: Atalanta – Young Boys, Man. United – Villarreal

Villarreal 2-2 Atalanta

Uma impressionante defesa de Juan Musso, perto do fim, impediu a vitória do Villarreal, que terminou com dez jogadores. A Atalanta começou bem e Remo Freuler inaugurou o marcador, mas Manu Trigueros igualou tudo. O suplente Arnaud Groeneveld colocou os anfitriões na frente e coube a Robin Gosens restabelecer o empate. O Villarreal ficou depois sem Francis Coquelin (expulso), mas quase venceu à beira do fim, só que Musso negou o golo a Gerard Moreno, levando novamente a melhor no duelo com o avançado, tal como tinha acontecido na primeira parte.
Estatística: O Villarreal ganhou apenas um dos seus últimos 14 jogos na Champions League.
29/09: Atalanta – Young Boys, Man. United – Villarreal

Grupo G

Sevilha 1-1 Salzburgo

Numa primeira parte excelente, os visitantes beneficiaram de três grandes penalidades, todas a punir lances sobre Karim Adeyemi, que errou primeira ao atirar ao lado, antes de Luka Sučić marcar a segunda. Sučić disparou o terceiro remate do Salzburgo à trave e o Sevilha empatou a três minutos do intervalo, por intermédio de Ivan Rakitić – inevitavelmente de grande penalidade. conjunto da casa perdeu Youssef En-Nesyri devido a um cartão vermelho no início do segundo período, mas resistiu até final e conseguiu resgatar um ponto.
Estatística: Este foi o primeiro jogo da Champions League em que foram assinalados quatro penáltis.
29/09: Wolfsburgo – Sevilha, Salzburgo – LOSC

LOSC 0-0 Wolfsburgo

Os franceses foram travados pelo Wolfsburgo num jogo muito equilibrado. Burak Yılmaz e Jonathan David estiveram perto de bater Koen Casteels, mas o guarda-redes belga, tal como a defesa visitante, resistiu a tudo mesmo depois de John Brooks ter sido expulso aos 63 minutos.
Estatística: O LOSC não ganha um jogo na fase de grupos da Champions League desde Novembro de 2012.
29/09: Wolfsburgo – Sevilha, Salzburgo – LOSC

Grupo H

Romelu Lukaku abriu a sua conta na Champions League pelos Blues num início vitorioso para o detentor do título. O internacional belga marcou três golos em dois jogos em casa desde que voltou ao clube com um excelente cabeceamento, na sequência de um passe bem medido de César Azpilicueta a meio da segunda parte.
Estatística: Lukaku (três golos) é agora o melhor marcador nos jogos do Chelsea em Stamford Bridge sob o comando de Thomas Tuchel.
29/09: Zenit – Malmö, Juventus – Chelsea

Malmö 0-3 Juventus

Paulo Dybala converteu um penálti e Álvaro Morata aumentou depois ainda mais a vantagem da Juventus, que marcou dois golos em dois minutos antes do intervalo, numa boa vitória dos visitantes na abertura do Grupo H diante do valoroso Malmö. Alex Sandro colocou os visitantes em vantagem aos 23 minutos, com um desviou à boca da baliza.
Estatística: O Malmö não conseguiu vencer pela primeira vez em cinco jogos em casa, esta época, nas competições europeias.
29/09: Zenit – Malmö, Juventus – Chelsea

leave a reply