Lifestyle: Earth 300 – Viagem de 10 dias por 3 milhões

Este gigante dos mares apelidado de Earth 300 é muito mais que um típico navio explorador, já que as suas especificações são diferentes de tudo o que já foi feito. Não são apenas os 300 metros que torna o Earth 300 tão notável, embora esse esse factor só por si já fosse suficiente para o tornar o maior super iate já construído.

Mas é todo projeto que reune uma gama internacional de colaboradores e especialistas unidos por uma visão comum, a união entre a ciência a tecnologia e o luxo para a proteção do planeta.

Tudo começou quando Aaron Olivera, CEO da Earth 300 conheceu o arquiteto naval da Iddes Yachts, Ivan Jefferson numa pequena vila no norte da Suécia. E de imediato os dois compartilharam as ideias que tinham em “unir ciência e exploração para enfrentar os maiores desafios da Terra e resolvê-los “.

Aaron Olivera queria uma embarcação totalmente diferente do que já existe; “O navio apresentará recursos encontrados em cruzeiros, expedições, pesquisas e iates de luxo, mas ele não será nenhum deles ” comentou em um comunicado.

A maior parte deste projeto é consagrado a equipamentos científicos e tecnologias de ponta diretamente do Vale do Silício. O Earth 300 é composto por 22 laboratórios de última geração, construídos no globo negro presente no convés de popa que constituem a “cidade científica”. Nas palavras de Jefferson “Queríamos criar um design que pudesse inspirar. Quando alguém olha para a esfera, queríamos que eles se inspirassem para proteger a Terra.

Quando alguém entrava na esfera, agora abrigando a cidade da ciência, e sentia a ação de todos os trabalhos científicos em andamento, queríamos que eles se inspirassem para se tornar um alquimista de soluções globais”.

Além do impressionante equipamento cientifico, este iate também tem um deck de observação localizado à frente da embarcação, que vai oferecer vistas incomparáveis dos oceanos por onde irá navegar. O foredeck possui um heliporto para um helicóptero que pode dar suporte à exploração aérea, ao mesmo tempo que fornece transporte de e para o navio, quando necessário.


Este megaiate tem ainda capacidade para acomodar mais de 425 pessoas. Divididas num total de 160 cientistas, 20 especialistas residentes, 20 estudantes, que viajaram gratuitamente, e cerca de 165 tripulantes. Mas também haverá espaço para cerca de 40 convidados VIP, alojados em suites de luxo, que pagarão 3 milhões de dólares por cada  viagem de 10 dias, será a forma de tornar o empreendimento rentável.

Para chegar ao ponto de construção em que este super iate está já foram gastos cerca de 5 milhões de dólares e seis anos de trabalho. Mas os responsáveis pelo Earth 300 avaliam que o custo total se estabeleça entre os 500 milhões e os 700 milhões de dólares. O seu lançamento está previsto para 2025.

leave a reply