UEFA Champion’s League: Porto empata em Madrid, Sporting goleado pelo Ajax

A emoção continuou na primeira jornada da UEFA Champions League de 2021/22, com muitos exibições a merecerem destaque. Porto e Atlético empataram a zero, enquanto Liverpool e City venceram jogos com muitos golos. Na estreia na prova, Sébastien Haller marcou quatro golos no triunfo do Ajax sobre no Sporting, uma proeza que só tinha sido conseguida até agora por Marco van Basten.

Grupo A

Man. City 6-3 Leipzig

Um forte cabeceamento de Nathan Aké e um auto-golo de Nordi Mukiele deram uma vantagem tranquilizadora ao anfitriões no início do encontro, mas Christopher Nkunku marcou de cabeça e fez o Leipzig sonhar. O sonho parecia ter-se esfumado pouco antes do intervalo, quando Riyad Mahrez converteu uma grande penalidade, mas Nkunku respondeu com mais um cabeceamento certeiro. O City ficou mais tranquilo quando Jack Grealish fez o quarto golo no desafio de estreia na competição. O Leipzig ainda não tinha baixado os braços e Nkunku completou o “hat-trick”, mas João Cancelo e Gabriel Jesus confirmaram o triunfo dos anfitriões com Angeliño, antigo jogador do City, a ver um cartão vermelho pelo meio.

Estatística: Nkunku é o quarto jogador a fazer um “hat-trick” na UEFA Champions League por uma equipa que saiu derrotada, depois de Ronaldo (Manchester United 4-3 Real Madrid em 2002/03), Gareth Bale (Tottenham 3-4 Inter, 2010/11) e İrfan Can Kahveci (İstanbul Başakşehir 3-4 Leipzig, 2020/21).

28/09Paris – Man. CityLeipzig – Club Brugge

Club Brugge 1-1 Paris

A estreia de Lionel Messi como titular pelo Paris terminou em desilusão, já que os franceses não conseguiram melhor do que um empate com o Club Brugge, na Bélgica, no arranque da fase de grupos. Ander Herrera deu vantagem aos visitantes aos 15 minutos depois de marcar pela quarta vez em seis jogos, mas Hans Vanaken marcou o golo que deu um empate merecido aos anfitriões que contaram com um apoio entusiástico dos adeptos. O Paris sofreu outro contratempo, já que Kylian Mbappé saiu lesionado no início da segunda parte.

Estatística: Messi foi pela primeira vez titular pelo Paris e disputou o 150º jogo na UEFA Champions League, tornando-se no quinto jogador a atingir esta marca depois de Iker Casillas, Cristiano Ronaldo (ambos com 177) e Xavi Hernández (151).

28/09: Paris – Man. City, Leipzig – Club Brugge

Grupo B

Atlético de Madrid 0-0 Porto

Duas defesas sólidas mostraram que serão muito difíceis de bater esta época num empate muito competitivo no Estadio Metropolitano. Luis Suárez testou a atenção de Diogo Costa nos minutos iniciais e Otávio acertou no ferro com um cruzamento no segundo tempo. Chancel Mbemba viu um cartão vermelho directo ao cair do pano.

Estatística: O Atlético perdeu apenas um dos últimos 30 desafios europeus no seu estádio (22V 7E 1D)

28/09: Porto – Liverpool, Milan – Atlético

Liverpool 3-2 Milan

Um remate acrobático de Jordan Henderson decidiu o encontro em Anfield. O Liverpool começou de forma demolidora, Fikayo Tomori deu vantagem à equipa da casa com um auto-golo, antes de Mike Maignan defender uma grande penalidade de Mohamed Salah. Ante Rebić e Brahim Díaz marcaram dois golos quase seguidos que motivaram uma surpreendente reviravolta do Milan, mas Salah empatou antes que do capitão dos anfitriões decidir o jogo.

Estatística: Esta foi apenas a terceira vez que estes dois clubes se defrontaram nas competições europeias, Os outros dois duelos foram em finais da UEFA Champions League (2005 e 2007).

28/09: Porto – Liverpool, Milan – Atlético

Grupo C

Beşiktaş 1-2 Dortmund

Uma bela exibição de Jude Bellingham permitiu ao Dortmund começar com um triunfo. O jogador de 18 anos inaugurou o marcador com o primeiro remate do BVB no encontro, com um belo disparo de ângulo reduzido aos 20 minutos. No final do primeiro tempo teve uma excelente jogada individual e serviu Erling Haaland para o 2-0. Francisco Montero reduziu de cabeça em período de compensação e ainda deu esperança ao Beşiktaş, mas o golo dos turcos surgiu demasiado tarde.

Estatística: Bellingham tornou-se o jogador mais jovem a marcar em dois jogos consecutivos da UEFA Champions League, com 18 anos e 78 dias de idade, superando o recorde anterior que pertencia a Kylian Mbappé, com 18 anos e 85 dias, desde Março de 2017. 

28/09: Ajax – Beşiktaş, Dortmund – Sporting

Sporting 1-5 Ajax

Sébastien Haller marcou quatro golos no triunfo do Ajax em Lisboa. O avançado abriu a contagem com um cabeceamento aos dois minutos e fez o 2-0 pouco depois, na sequência de um cruzamento do brasileiro Antony. Paulinho ainda reduziu, mas Steven Berghuis recolocou a diferença em dois golos com um excelente remate. Paulinho viu um golo anulado, antes de Haller marcar pela terceira vez após novo cruzamento de Antony, mas o avançado ainda não estava satisfeito e marcou o seu quarto golo pouco depois de ultrapassada a hora de jogo.

Estatística: Sébastien Haller é o segundo jogador a marcar quatro golos na estreia na UEFA Champions League depois de Marco van Basten, pelo Milan frente ao Gotemburgo, em 1992.

28/09: Ajax – Beşiktaş, Dortmund – Sporting

Grupo D

Sheriff 2-0 Shakhtar Donetsk

O Sheriff teve uma estreia de sonho na UEFA Champions League, graças a um golo marcado em cada parte. Adama Traore deu uma vantagem madrugadora à equipa da casa, quando rematou de primeira na sequência de um cruzamento de Cristiano. Os visitantes dominaram o encontro, como provam os 17 pontapés de canto conquistados, mas os anfitriões confirmaram o triunfo em mais um contra-ataque, com Cristiano a cruzar para um cabeceamento do suplente Momo Yansane.

Estatística: O Sheriff não sofreu golos nos nove jogos que disputou esta época na UEFA Champions League, incluindo as pré-eliminatórias.

28/09: Shakhtar Donetsk – Inter, Real Madrid – Sheriff

Inter 0-1 Real Madrid

Um golo de Rodrygo aos 90 minutos deu ao Madrid os três pontos em Itália, com o Inter a ser penalizado pelas oportunidades desperdiçadas. Thibaut Courtois fez uma série de boas defesas para negar o golo a Edin Džeko e a Lautaro Martínez, antes que Eduardo Camavinga fazer a jogada que permitiu ao colega que também começou a suplentes decidir o encontro.

Estatística: O Inter estava numa série de dez vitórias seguida em casa em todas as competições antes desta noite.

28/09: Shakhtar Donetsk – Inter, Real Madrid – Sheriff

leave a reply