Publicite Aqui

Secretário-geral da ONU apela a luta global contra o ódio

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, deixou na última terça-feira um apelo de luta global contra o ódio, numa cerimónia virtual em que foi distinguido pelo Congresso Mundial Judaico.

“Em paralelo à covid-19, há um outro vírus que se propaga – o antissemitismo e o ódio, que assumem numerosas formas. (…) Temos de lutar juntos contra o ódio em todas as suas formas”, afirmou António Guterres.

O Congresso Mundial Judaico atribuiu o prémio Theodor Herzl a António Guterres, reconhecendo pela primeira vez um secretário-geral da ONU, pelo trabalho na promoção dos ideias de tolerância para com os judeus.

PUBLICIDADE


Na aceitação do prémio, António Guterres considerou “assustador” ver atualmente o aparecimento de movimentos neonazis e de supremacistas brancos e saiu em defesa das vítimas do ódio, que podem ser judeus, muçulmanos, migrantes, refugiados.

Entre as personalidades já distinguidas com o Prémio Theodor Herzl estão a chanceler alemã Angela Merkel (2019) e o agora presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden (2016).

Fonte: Folha de Maputo

leave a reply

Reendex

Must see news